Jerusalém. EUA decidem por "razões de política interna"

| Mundo
Jerusalém. EUA decidem por razões de política interna

A ver: Jerusalém. EUA decidem por "razões de política interna"

Os EUA reconheceram Jerusalém como capital de Israel. O professor Luís Menezes Leitão alerta que esta decisão pode por em causa o processo de paz. Menezes Leitão considera que a Administração Trump avançou com esta medida por motivos de política interna.

A informação mais vista

+ Em Foco

Esta é uma das regiões mais geladas do mundo. E continua a aquecer a uma taxa mais rápida do que qualquer outro lugar da Terra.

    A descoberta acidental veio demonstrar que o animal poderá estar em perigo de extinção.

      Um grupo de astrónomos dos Estados Unidos descobriu que Júpiter tem mais 12 luas. O gigante gasoso tem agora 79 satélites naturais.

        No dia em que se assinala o centenário do nascimento de Nelson Mandela, o jornalista António Mateus recorda o legado do histórico líder sul-africano.