Morreu Mário Carrascalão

| Mundo

Mário Carrascalão foi governador durante a ocupação indonésia e vice-primeiro-ministro após a independência
|

O ex-vice-primeiro-ministro de Timor-Leste Mário Carrascalão morreu na última madrugada no Hospital Nacional Guido Valadares, em Díli, informou um familiar. O político fez 80 anos a 12 de maio.

Mário Carrascalão, que foi governador durante a ocupação indonésia e vice-primeiro-ministro após a independência, faleceu um dia depois de ser galardoado com o Grande Colar da Ordem de Timor-Leste, a mais alta condecoração do país, entregue pelo chefe de Estado, Taur Matan Ruak.

Indicações preliminares apontam que Mário Carrascalão terá sofrido um ataque cardíaco quando conduzia sozinho o seu carro privado, na zona do bairro do Farol, em Díli. O automóvel está ainda no local, tendo subido o passeio e embatido contra um poste, informou a agência Lusa.

Desconhece-se se o acidente ocorreu antes ou depois do ataque cardíaco.

Testemunhas relataram que transeuntes transportaram Mário Carrascalão para o hospital, onde equipas médicas confirmaram o seu óbito.

"Ainda ontem estivemos todos a jantar em família e ele estava muito bem-disposto, foi galardoado e estávamos a celebrar", contou a irmã Ângela Carrascalão.

Uma multidão começou já a juntar-se no espaço mortuário do Hospital Nacional Guido Valadares.

Tópicos:

Díli, Mário Carrascalão, Timor-Leste,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.