Morreu o primeiro presidente eleito do município de Maputo

por Agência LUSA

O primeiro presidente democraticamente eleito do município de Maputo, Artur Hussene Canana, morreu na quinta-feira, vítima de doença prolongada, anunciou a família.

Artur Canana, 59 anos, actual membro do comité central da FRELIMO, venceu, em 1998, as primeiras eleições democráticas para a mais importante autarquia do país.

Em 2003, Artur Canana já não se apresentou às eleições, sendo substituído por Enias Comiche, actual presidente de câmara, igualmente membro da FRELIMO, partido no poder em Moçambique desde a independência, em 1975.

Artur Canana, que antes do desempenho autárquico, foi governador da província de Manica, centro de Moçambique, deixa viúva e seis filhos.

pub