Moscovo veta tribunal para julgar presumível abate do voo MH17

| Mundo
Moscovo veta tribunal para julgar presumível abate do voo MH17

A ver: Moscovo veta tribunal para julgar presumível abate do voo MH17

A Rússia votou contra a criação de um tribunal especial para julgar alegados responsáveis pela queda do voo MH17 no leste da Ucrânia.

Os cinco países responsáveis pela investigação do caso defenderam a criação desta instância, tendo o pedido sido apresentado pela Malásia.

Reino Unido, Estados Unidos e França acusam os rebeldes separatistas pró-russos de terem abatido o aparelho. Onze países votaram a favor, três abstiveram-se.

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.