Netanyahu mantém discurso. Acordo "não pode comprometer a vitória final"

por RTP

Foto: Abir Sultan - EPA

O primeiro-ministro israelita diz que a entrada das tropas em Rafah vai mesmo acontecer, independentemente de haver, ou não, um acordo de trégua para a libertação de reféns israelitas, por troca de prisioneiros palestinianos.

Benjamin Netanyahu explica que uma operação naquela cidade do sul da Faixa de Gaza é imprescindível para uma vitória total sobre o Hamas.
pub