Pelo menos três mortos em debandada em margem do rio durante ritual hindu na Índia

| Mundo

Pelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas hoje na sequência de uma debandada durante um ritual religioso hindu numa margem do rio Ganges, na Índia, indicou a polícia.

Os feridos foram hospitalizados em Begusarai, uma localidade no estado de Bihar, no norte da Índia.

A polícia está a investigar as causas da debandada que teve lugar durante um festival religioso em que os hindus se banham no rio na crença de que vão limpar os seus pecados.

Debandadas trágicas ocorrem com frequência nas margens do rio e em templos na Índia, com muitas pessoas a concentrarem em pequenas áreas com poucas medidas de segurança ou de controlo de multidões.

Em janeiro de 2005, mais de 300 hindus morreram numa debandada durante uma peregrinação ao remoto templo de Mandhar Devi no oeste da Índia.

Tópicos:

Ganges,

A informação mais vista

+ Em Foco

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

    Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

      O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

        Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.