Pelo menos três mortos em debandada em margem do rio durante ritual hindu na Índia

| Mundo

Pelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas hoje na sequência de uma debandada durante um ritual religioso hindu numa margem do rio Ganges, na Índia, indicou a polícia.

Os feridos foram hospitalizados em Begusarai, uma localidade no estado de Bihar, no norte da Índia.

A polícia está a investigar as causas da debandada que teve lugar durante um festival religioso em que os hindus se banham no rio na crença de que vão limpar os seus pecados.

Debandadas trágicas ocorrem com frequência nas margens do rio e em templos na Índia, com muitas pessoas a concentrarem em pequenas áreas com poucas medidas de segurança ou de controlo de multidões.

Em janeiro de 2005, mais de 300 hindus morreram numa debandada durante uma peregrinação ao remoto templo de Mandhar Devi no oeste da Índia.

Tópicos:

Ganges,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.