Piripiri pode ser "arma secreta" contra cancro da próstata

| Mundo

Investigadores norte-americanos descobriram que a substância picante do piripiri tem a propriedade de provocar o "suicídio" das células cancerosas da próstata.

Segundo um estudo do Instituto de Oncologia do Hospital Cedars- Sinai e da Universidade da Califórnia em Los Angeles, a injecção de capsaicina (o alcalóide existente no piripiri) nas células cancerosas na próstata provoca a sua apoptose, ou seja a sua destruição por fragmentação.

Cerca de 80 por cento das células cancerosas humanas da próstata foram destruídas em ratinhos portadores depois de terem recebido aquela substância.

"A capsaicina teve um efeito anti-proliferante profundo nas culturas de células humanas de cancro da próstata", sublinhou Soeren Lehmann, um dos autores do estudo, publicado na edição de quarta-feira da revista "Cancer Research".

Cerca de 680.000 homens contraem anualmente cancro da próstata em todo o mundo.

A informação mais vista

+ Em Foco

Francisco Veloso, reitor da Imperial College Business School, traça cenários após a rejeição do acordo.

O satélite natural da Terra mostrou-se grande e vermelho. A primeira Super Lua de 2019 foi vista em todo o mundo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.