Portugueses em Zermatt, na Suíça, praticamente isolados devido à neve

| Mundo
Portugueses em Zermatt, na Suíça, praticamente isolados devido à neve

Foto: Denis Balibouse - Reuters

Os portugueses que vivem em Zermatt, na Suíça, dizem que nunca viram nada assim. Desde domingo que a neve não dá tréguas. A cidade está praticamente isolada e as autoridades tiveram que pôr em marcha um plano de evacuação dos cerca de 13 mil turistas.

A cidade de Zermatt tem uma grande parte de população portuguesa, tem como segunda língua o português. António Pinheiro vive na Suíça há quase 10 anos e fez um retrato de neve que chega aos 2 metros de altura.


António Pinheiro adianta ainda que há riscos de avalanche. Muitos turistas já começaram a ser retirados de helicóptero desta estância de ski que tem uma grande comunidade portuguesa.
Comboios circulam em Zermatt
As autoridades suíças anunciaram que os comboios que partem da cidade de Zermatt estão novamente operacionais, depois da neve ter feito a cidade estar isolada por mais de dois dias.

"Depois de quase dois dias durante os quais Zermatt foi cortada do resto do mundo, o destino está novamente acessível por comboio", disse o departamento de turismo de Zermatt.

Numa comunidade onde vive um elevado número de portugueses, as autoridades garantiram que vão continuar os trabalhos para retirar milhares de turistas que continuam na cidade.

A informação mais vista

+ Em Foco

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.