Quarentena de Charles Michel obriga a adiamento do Conselho Europeu

por RTP
Reuters

O Conselho Europeu, que devia decorrer entre quinta e sexta-feira, foi adiado para 1 e 2 de outubro. O presidente Charles Michel esteve em contacto com um caso positivo de Covid-19 e está de quarentena.

“O presidente do Conselho Europeu teve hoje conhecimento de que um dos seus seguranças, com o qual teve em contacto próximo no início da semana passada, testou positivo para a covid-19”, anunciou o porta-voz de Charles Michel, Barend Leyts, numa comunicação através da rede social Twitter.

O porta-voz acrescenta que, “em cumprimento das regras belgas [adotadas devido ao surto de covid-19], Charles Michel está em quarentena a partir de hoje”, apesar de estar a ser “testado regularmente e de ter acusado negativo ontem [segunda-feira]”.

O isolamento de Charles Michel torna impossível a condução dos trabalhos na reunião de chefes de Governo e de Estado da União Europeia marcada para esta quinta-feira e sexta-feira em Bruxelas.
Andrea Neves - Correspondente da Antena 1 em Bruxelas
Por essa razão, o presidente do Conselho Europeu decidiu adiar a cimeira para 1 e 2 de outubro, adiantou o porta-voz, na mesma publicação no Twitter.
Cimeira Luso-Espanhola adiada
A remarcação do Conselho Europeu para 1 e 2 de outubro levou também ao adiamento da Cimeira Luso-Espanhola.

António Costa e Pedro Sánchez deveriam reunir-se no dia 2 de outubro na cidade da Guarda.

Ainda não há nova data para o encontro ibérico.


pub