Refugiados. Governo espanhol nega ter acordo com Itália sobre navio Open Arms

por Antena 1

Reuters

Depois de ter sido noticiada uma solução para que o desembarque dos migrantes possa acontecer no porto marítimo de Maiorca, o governo espanhol veio agora negar ter chegado a um acordo com Itália sobre o futuro do navio Open Arms.

A proposta foi também recusada pelos responsáveis da embarcação humanitária. Sublinham que é dramática a situação a bordo do Open Arms e uma eventual viagem até Maiorca demoraria cerca de três dias.

O navio está a escassos 800 metros da ilha italiana de Lampedusa.

A vice-presidente do governo de Madrid, Carmen Calvo, lamenta esta crise e, numa entrevista à rádio Cadena Ser, a governante aponta o dedo ao Governo de Itália, pela postura de intransigência.

Dos cerca de 150 migrantes, dez deverão ser acolhidos em Portugal.