Refugiados Grécia. Campo infernal chamado Moria

| Mundo
Refugiados Grécia. Campo infernal chamado Moria

Giorgos Moutafis - Reuters

Os migrantes, que vivem no maior campo de refugiados da Europa, em Moria, na ilha grega de Lesbos, enfrentam, todos os dias, situações degradantes.

Fugiram dos terrores da guerra e da fome e encontraram uma espécie de inferno.

A enviada especial da Antena 1, Rosário Salgueiro, ouviu os lamentos de quem permanece naquele centro, à espera de autorização legal para entrar em território europeu.

O governo de Atenas anunciou que a imigração ilegal na ilha de Lesbos aumentou 44 por cento, nos últimos meses.

São cada vez mais as pessoas a atravessar o mar Egeu, entre a Turquia e a Grécia, o que está a sobrecarregar os centros de processamento de migrantes, em território grego.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.