República Checa. Choque entre dois comboios faz dezenas de feridos e pelo menos dois mortos

por RTP
Reuters

A colisão entre dois comboios de transporte de passageiros, no sudoeste da República Checa, fez pelo menos dois mortos e dezenas de feridos, esta quarta-feira de manhã. Segundo fontes policiais citadas na imprensa local, o acidente ocorreu pelas 8h00 (hora local) junto à cidade de Milavce, a 125 quilómetros de Praga. No local estão ambulâncias e helicópteros para tentar retirar eventuais passageiros presos nos escombros.

A companhia de caminhos-de-ferro checa confirmou, entretanto, que estão envolvidos na colisão um comboio internacional de alta velocidade que fazia a ligação entre a cidade checa de Plzen a Munique, na Alemanha, e um comboio de passageiros que fazia ligações locais.

A estação de notícias local CTK, que cita fontes dos bombeiros da cidade, refere que "podem estar feridas mais de 50 pessoas".

"Podemos confirmar que duas pessoas perderam a vida no local", disse a polícia nacional checa no Twitter. "Dezenas de pessoas feridas foram reportadas no local. Estamos a ajudar com a retirada dos passageiros".

O número de feridos ainda não foi confirmado oficialmente, mas há pelo menos quatro feridos em estado critico, já transportados para os hospitais mais próximos, segundo avança a imprensa checa. O comandante Jaroslav Hrdlicka, do corpo de bombeiros regional, disse à televisão nacional que as equipas de resgate ainda procuram uma pessoa desaparecida nos destroços.
De acordo com as primeiras informações prestadas pelo vice-primeiro-ministro e ministro checo dos Transportes, Karel Havlícek, o comboio de alta velocidade Ex 351, terá passado num sinal vermelho e, assim, provocado a colisão. Segundo o mesmo, a "situação é grave".

No local do acidente estão, de momento, quatro helicópteros de emergência e ambulâncias. As autoridades alemãs estão a colaborar também nas operações de resgate, que ainda estão a decorree e que poderão durar algumas horas. A companhia ferroviária checa, contudo, vai disponibilizar transporte alternativo enquanto a linha estiver interrompida.

Milavce fica a cerca de 48 quilómetros a sudoeste de Pilsen e a apenas 16 quilómetros da fronteira com a região alemã da Baviera. A República Checa tem sido palco de vários acidentes ferroviários nos últimos meses.

Em abril, um maquinista morreu quando dois comboios de carga chocaram perto da vila de Svetec, no noroeste do país.
pub