Rotura de barragem. Autoridades brasileiras procuram evacuar a região

por RTP

Não há por enquanto registo de feridos ou vítimas mortais, devido à rotura da barragem. Mas é cedo para saber. A grande preocupação neste momento é a cidade de Coronel João de Sá.

Há cerca de 25 a 30.000 moradores e muitas pessoas não têm a noção do que a enchente de lama pode provocar. Por isso a autarquia lhes pede que se saiam das suas casas, apenas com os documentos e nada mais.

No Brasil, Pedro Sá Guerra ao telefone com o Telejornal.