Síria. População atira batatas às tropas dos EUA em retirada

por RTP

Uma coluna de veículos com cerca de 500 militares norte-americanos foi alvejada com batatas e insultada quando retirava da Síria a caminho do Iraque. O secretário de Estado da Defesa anunciou entretanto que pondera deixar algumas tropas norte-americanas na Síria.

Um vídeo da plataforma digital curda Hawar News mostra as tropas a atravessarem hoje, segunda feira, uma localidade, a serem alvejadas com batatas e os soldados a serem insultados como "mentirosos".

Durante o fim de semana, o secretário da Defesa, Mike Esper, tinha traçado a perspectiva de uma retirada lenta e, provavelmente, parcial. Disse Esper que a retirada demoraria "semanas, não dias", para ser "muito reflectida e muito segura".

Além disso, o secretário da Defesa falou no prosseguimento da colaboração entre as tropas norte-americanas e as milícias curdas, para impedir que os poços de petróleo caiam nas mãos do autoproclamado "Estado Islâmico". Mas precisou também que se trata de uma ideia sua e que ainda não a discutiu com o presidente Donald Trump.