Tumultos no território francês da Nova Caledónia provocaram seis mortos

por RTP

As autoridades francesas anunciaram o envio de mais 600 efetivos das forças de segurança para território ultramarino que tem sido alvo de protestos e manifestações por parte da população desde o início da semana.

Em causa está a alteração às regras de votação no arquipélago, aprovada pelo Parlamento francês, que permite que cidadãos que vivam há dez anos no território votem nas eleições provinciais.

De acordo com as autoridades locais, mais de três mil passageiros estão retidos no arquipélago devido à falta de voos comerciais.
pub