Venezuela. "Coletivos" prometem combater até à morte

| Mundo
Venezuela. Coletivos prometem combater até à morte

A ver: Venezuela. "Coletivos" prometem combater até à morte

Foto: Nuno Veiga - Lusa

Os chamados "colectivos" estão dispostos a lutar até à morte contra qualquer intervenção militar estrangeira na Venezuela. Milícias armadas que operam à margem da lei e que são acusadas pela oposição de serem usadas por Nicolás Maduro para intimidar quem contesta o regime.

O grupo mais violento vive no Bairro 23 de Janeiro, em Caracas.

A reportagem é dos enviados especiais da RTP à Venezuela, Hélder Silva e David Araújo.

A informação mais vista

+ Em Foco

Saiu a tabela anual das melhores escolas do país. No topo está outra vez o Colégio Nossa Senhora do Rosário, um privado do Porto.

O Governo nunca disse ao país quais são as verdadeiras razões para que não exista até hoje um estudo de impacto ambiental do aeroporto no Montijo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.