Vladimir Putin faz discurso sobre o Estado da Nação

por Lusa
Putin fala aos russos em tempo de guerra Reuters

O presidente russo, Vladimir Putin, faz esta quinta-feira o discurso anual sobre o Estado da Nação, na véspera do funeral do opositor Alexei Navalny e a poucas semanas das eleições presidenciais, nas quais procura a reeleição para um quinto mandato.

Segundo o Kremlin (presidência), o discurso de Putin, proferido diante das duas câmaras do parlamento, será centrado na campanha militar na Ucrânia, que entrou no terceiro ano, bem como no desenvolvimento económico do país face à pressão das sanções ocidentais e em questões sociais como a necessidade de aumentar a taxa de natalidade.

A duas semanas das eleições presidenciais, que decorrem de 15 a 17 de março, o discurso está a ser encarado como um manifesto eleitoral de Putin.

A imprensa russa avançou, entre outros aspetos, que Putin vai abordar a prioridade de satisfazer as necessidades das Forças Armadas, para as quais a indústria militar multiplicou o seu ritmo de produção.

Também irá sublinhar a importância de reforçar a soberania da Rússia, tanto a nível político como tecnológico, e defender que o país não tem uma economia de guerra ao apresentar um crescimento de 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2023.

Em contraste, a inflação oficial é superior a 7% e o preço do cabaz de compras disparou nos últimos meses.

Com 79% das intenções de voto, segundo as sondagens mais recentes, Vladimir Putin enfrenta nas eleições de março três candidatos sobre os quais os russos pouco sabem, o que faz com que a sua reeleição para um quinto mandato de seis anos seja um dado adquirido.
pub