Alegados traficantes vendem louro por haxixe a turistas

| País
Alegados traficantes vendem louro por haxixe a turistas

Foto: Saeed Ali Achakzai - Reuters

É um problema. Nos últimos anos a baixa de Lisboa tem sido o local escolhido por alegados traficantes que tentam vender aos turistas o que deveria ser haxixe, mas é apenas louro prensado.

As autoridades pouco podem fazer, porque louro não é droga e por isso vendê-lo não é crime. Quanto muito os traficantes enganadores arriscam uma contra-ordenação por venda ambulante sem licença.

Mas, como este negócio fraudulento está a dar mau nome a Lisboa, a PSP e a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior estão a fazer ações de sensibilização e esta manhã houve mesmo uma manifestação dirigida sobretudo aos turistas.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Na primeira entrevista pós-autárquicas, à Antena 1, Jerónimo de Sousa não poupou nas palavras. Afirmou que o "Governo ficou mal na fotografia e subestimou a situação" dos fogos.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Acionar o artigo 155 da Constituição espanhola representa um momento único na História de Espanha. O Governo de Madrid já definiu os setores que quer controlar de imediato.