Apoio a pais "vai no bom sentido", avalia a UGT

por Antena 1

Foto: Pedro Nunes - Reuters

A UGT acolhe favoravelmente a intenção do governo alargar os apoios sociais a pais com filhos pequenos. Podia ser mais abrangente, mas "é um bom ponto de partida".

Progenitores de crianças na creche, no pré-escolar ou no primeiro ciclo vão passar a poder optar entre trabalhar ou cuidar alternadamente dos filhos sem perda salarial. A medida inclui agora agregados em que ambos os pais estejam em teletrabalho.

Sérgio Monte, da União Geral de Trabalhadores, ressalva que a medida governamental ainda está a ser "calibrada", mas "parece ir no bom sentido" e "corresponde ao que a UGT tem vindo a reivindicar".

Esta alteração é hoje discutida em Concertação Social e deverá ser aprovada amanhã em Conselho de Ministros.
pub