Associações de imigrantes criticam Governo por retirar médico de família

por Antena 1

Foto: Reuters

A Plataforma das Associações de Imigrantes deixa duras críticas à decisão do Governo de retirar o direito ao médico de família a imigrantes e emigrantes que não recorrem aos centros de saúde há mais de cinco anos. Rolando Borges, contactado pela Antena 1, alerta que o direito à saúde é para todos.

Para além de retirar o médico de família aos estrangeiros que vivem em Portugal, também está previsto o mesmo para os portugueses que vivem fora do país e que não procuraram este serviço nos últimos cinco anos.
pub