Autoridades de saúde identificaram um caso de sarna em hospital na Madeira

| País

Um caso de escabiose, doença vulgarmente designada por sarna, foi hoje identificado no Hospital dos Marmeleiros, no Funchal, num utente que foi internado por "outros motivos clínicos", informou o Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM).

"Após o diagnóstico, foram implementadas as medidas de segurança e controlo preconizadas de forma a minimizar os efeitos dessa situação junto dos utentes internados e dos profissionais", refere o SESARAM em comunicado de imprensa.

O Serviço de Saúde da Madeira adianta que a escabiose "não é uma doença grave", sendo, no entanto, contagiosa e caracterizada comichão, prurido e erupções cutâneas.

"As situações de sarna, embora não desejáveis, podem ocorrer em qualquer espaço público", indicam as autoridades de saúde, realçando que o serviço regional está "plenamente preparado" para tomar as medidas de segurança necessárias para o controlo da doença.

 

Tópicos:

Funchal,

A informação mais vista

+ Em Foco

O maior campo de refugiados na Europa fica na ilha grega de Lesbos. O campo de Moria alberga quase oito mil pessoas, três vezes mais do que a capacidade instalada. Reportagem RTP.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.