Centenas de cirurgias adiadas devido à greve dos enfermeiros

| País
Centenas de cirurgias adiadas devido à greve dos enfermeiros

Foto: Reuters

Os administradores hospitalares estão a avançar que há várias centenas de cirurgias adiadas desde segunda-feira. O motivo deve-se à greve dos enfermeiros.

Alexandre Lourenço, presidente da Associação dos Administradores Hospitalares, assume que está preocupado com os impactos do protesto e avisa que vai ser preciso muito tempo para recuperar.

O presidente da associação garante ainda que não foram marcadas faltas aos enfermeiros, até porque a lei não o permite.

Os administradores hospitalares apontam para uma participação na greve entre os 30 e os 60 por cento, bastante abaixo das estimativas avançadas pelos sindicatos que convocaram o protesto.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.