Cordão humano à volta da escola de Valença contra a violência foi interrompido por manifestação

por RTP

Pais, professores e alunos da escola E.B. 2/3 de Valença fizeram esta terça-feira de manhã um cordão humano contra a violência na escola. Na semana passada, dois funcionários e dois docentes foram agredidos pelo pai de uma aluna. Ao mesmo tempo que decorria o cordão humano, apareceu no local o alegado agressor e alguns familiares com uma contra-manifestação.

Era para ser um cordão humano pacífico à volta da escola, para exigir segurança mas foi interrompido por uma contra-manifestação do pai que agrediu os funcionários e a sua família. Em causa está um episódio que aconteceu na semana passada.