Covid-19. Especialistas dividem-se quanto à eficácia do reforço vacinal

por RTP

Foto: Clodagh Kilcoyne - Reuters

As pessoas entre os 18 e os 49 anos vão poder receber, a partir dos próximos dias, o segundo reforço da vacina contra a covid-19.

Os especialistas dividem-se quanto à eficácia da medida: uns consideram que não está demonstrada mais-valia em adultos saudáveis; outros dizem que a vacina atualizada para a variante Ómicron é uma vantagem para a proteção imunitária.
pub