Crato remete para o próximo Governo revisão do estatuto das carreiras científicas

| País
Crato remete para o próximo Governo revisão do estatuto das carreiras científicas

A ver: Crato remete para o próximo Governo revisão do estatuto das carreiras científicas

O ministro da Educação e Ciência remete para a próxima legislatura a revsão do estatuto da carreira de investigação científica.

A atual tutela tinha prometido avançar com a medida "prioritária" até ao fim de 2014. O estatuto da carreira de investigação científica atualmente em vigor é de 1999.

O anúncio de Nuno Crato aconteceu terça-feira à noite em Lisboa, depois de apresentado o relatório da avaliação externa à Fundação para a Ciência e Tecnologia, entidade pública responsável pelos subsídios à investigação em Portugal.  
 
Este documento aponta para mudanças nos concursos de bolsas da FCT, com o fim dos concursos para bolsas individuais de doutoramento e de pós-doutoramento, privilegiando candidaturas apresentadas por universidades.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    O programa Artemis, da NASA, tem como objetivo regressar ao satélite natural da Terra e, simultaneamente, preparar a viagem a Marte.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.