Duarte Lima perde mais um recurso no Tribunal Constitucional

| País

|

O Tribunal Constitucional (TC) não apreciou o recurso apresentado pelo ex-deputado Duarte Lima no caso BPN/Homeland, no qual foi condenado a seis anos de cadeia, disse à Lusa fonte do tribunal.

O juiz-relator do TC tomou uma "decisão sumária de não conhecimento do recurso", isto é, não apreciou o conteúdo da contestação de Duarte Lima.

A mesma fonte adiantou que esta decisão é passível de recurso para a conferência de juízes do Tribunal Constitucional.

Duarte Lima contestava a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que lhe reduziu a pena de dez para seis anos de prisão.

Em junho, Duarte Lima perdeu mais um recurso no TC, que considerou que o arguido não tinha razão nos pedidos de três nulidades.

O ex-deputado do PSD foi condenado em primeira instância, em novembro de 2014, numa pena única de dez anos de prisão, pela coautoria material de um crime de burla qualificada e outro de branqueamento de capitais, no processo "homeland"/BPN.

Posteriormente, recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa, que, em abril de 2016, lhe reduziu a pena para seis anos de prisão.

Desde então, Duarte Lima tem apresentado vários recursos para o Supremo Tribunal de Justiça e para o Tribunal Constitucional.

Atualmente Duarte Lima enfrenta novamente os tribunais, estando a ser julgado num processo sobre abuso de confiança num caso relacionado com a apropriação indevida pelo arguido de cinco milhões de euros que pertenceriam a Rosalina Ribeiro, assassinada no Brasil em 07 de dezembro de 2009, crime de que o arguido está também acusado pela justiça brasileira.

 

Tópicos:

Atualmente, Rosalina,

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.