Edifícios escolares em Loures ainda têm amianto

por RTP

Em Loures, quatro agrupamentos de escolas ainda têm amianto. Este material é prejudicial à saúde e está proibido em Portugal desde 2005.

São escolas públicas que estão sob a alçada do Ministério da Educação. Algumas têm mais de 40 anos e ainda têm amianto nos edifícios.

Os quatro agrupamentos de escolas do concelho de Loures: o da Portela e Moscavide, o Agrupamento Nuno Álvares Pereira, em Camarate, o Eduardo Gajeiro, em Sacavém e, por fim, o Agrupamento de Escolas de São João da Talha.

A Escola EB 2,3 Mário de Sá Carneiro, em Camarate, por suas vez, já foi alvo de algumas intervenções mas ainda ficou muito por fazer.

Em Portugal, a utilização ou comercialização de amianto ou produtos que o contenham foi proibida desde 1 de janeiro de 2005, uma diretiva europeia que está contemplada na legislação portuguesa.
pub