Educação em protesto em vários pontos do país

por RTP

Foto: Paulo Novais - Lusa

Em Valença, Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Pinhal Novo reuniram-se centenas de profissionais da educação em protesto, esta manhã. No alto Minho, houve mesmo algumas escolas que fecharam. Docentes e não docentes apelam agora à intervenção do Presidente da República.

Escreveram uma carta aberta a Marcelo Rebelo de Sousa que em 24 horas somou perto de 6.000 assinaturas.
pub