Enfermeiros em greve à espera da ministra

| País
Enfermeiros em greve à espera da ministra

Foto: Regis Duvignau - Reuters

Os enfermeiros cumprem esta sexta-feira o último de seis dias de greve não consecutivos.

Depois de na quinta-feira a paralisação ter afetado os cuidados de saúde primários, esta sexta-feira a greve abrange todas as áreas do Serviço Nacional de Saúde (SNS).A greve começou às 8h00.


Os enfermeiros exigem do Governo a apresentação de uma proposta de carreira de enfermagem e a resolução de problemas como o congelamento de carreiras ou a falta de profissionais.

Sobre a nova ministra da saúde, José Carlos Martins, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, ouvido pela Antena 1, diz que aguarda a marcação de um encontro entre a ministra e os enfermeiros por forma a prosseguir as negociações.

Os enfermeiros não põem de lado novas formas de luta caso os responsáveis do ministério da Saúde não avancem na questão da carreira de enfermagem, diz José Carlos Martins.

Esta sexta-feira a paralisação dos enfermeiros vai afetar todas as áreas do SNS.

À tarde, a partir das 14h00, os enfermeiros vão fazer uma manifestação à porta do Ministério da Saúde, em Lisboa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 7 de outubro de 1944, os trabalhadores forçados do Sonderkommando de Auschwitz-Birkenau atacaram os guardas da SS.

Estamos em plena campanha para as Legislativas. Não queremos aqui influenciar o seu voto, mas tratar as dúvidas que nos apareceram a nós e que podem também ser as suas.

    Os portugueses escolhem os seus representantes a 6 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as Eleições Legislativas.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.