Enfermeiros. Intimação contra requisição civil já foi entregue no tribunal

| País

A segunda "greve cirúrgica" estava marcada até ao final de fevereiro
|

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros entregou esta segunda-feira no Supremo Tribunal Administrativo a intimação para a proteção de direitos, liberdades e garantias da classe, contestando a requisição civil decretada pelo Governo.

“Nós pedimos ao juiz que adotasse o procedimento mais célere e pode até fazer uma audiência verbal no prazo de 48 horas e tomar a decisão”, avançou o advogado Garcia Pereira.

De acordo com o advogado, estão a ser “forjados fundamentos e protestos para justificar a requisição civil" no âmbito da greve cirúrgica, quer a que já foi decretada, quer eventuais novas requisições.

"Estão a alargar intencionalmente os programas cirúrgicos numa dimensão que em condições normais não podem ser cumpridos. Estão a ligar às pessoas a dizer que tem intervenção marcada quando esta não é possível", acusou.


Garcia Pereira imputa responsabilidade por esta situação ao Ministério da Saúde e às administrações hospitalares e entende que o Ministério Público deveria investigar o que se passa, uma vez que podem estar em causa crimes de natureza pública, como abuso de poder e denegação de justiça.

O advogado declarou que as situações forjadas resultam de ações concertadas que procuram culpar os enfermeiros, "alargando o programa cirúrgico para uma dimensão maior, sabendo-se que não há capacidade de resposta" e considerou que a situação é de uma "enorme gravidade".

O Conselho de Ministros decretou na quinta-feira uma requisição civil na greve dos enfermeiros em blocos operatórios em curso desde 31 de janeiro, alegando incumprimento da prestação de serviços mínimos.

A segunda "greve cirúrgica" estava marcada até ao final de fevereiro, abrangendo sete centros hospitalares numa primeira fase. Desde sexta-feira abrange mais três hospitais: Setúbal, Santa Maria e o Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra.

c/Lusa

Tópicos:

Greve, Intimação, Enfermeiros,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um "cemitério de dinossauros" descoberto na Argentina, com 220 milhões de anos apresenta fósseis de uma dúzia de animais.

    Um dia que ficará para a história. O dia em que um dos monumentos mais emblemáticos do Mundo foi apanhado pelo fogo.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.