Escola António Arroio em Lisboa encerrada devido a problemas com eletricidade

| País

A Escola Artística António Arroio, em Lisboa, encerrou hoje devido a problemas com a eletricidade do edifício, disse à Lusa o diretor daquele estabelecimento de ensino, Rui Madeira.

"Só vai haver aulas quando for certificado que a avaria está resolvida", afirmou o diretor da escola, que contactou a Parque Escolar para efetuar essa avaliação, que ainda não estará concluída.

O professor explicou que durante o fim de semana houve "sinal de uma avaria", tendo-se constado hoje que não havia energia para a escola funcionar e o estabelecimento foi encerrado pelas 13:00.

"Não é um problema num setor da escola, é na alimentação principal, que se encontra na zona do edifício que não está concluída e à qual não temos acesso", explicou, referindo-se às obras na escola que foram interrompidas em 2009.

As obras de requalificação na Escola António Arroio, da responsabilidade do programa de modernização das escolas secundárias, da empresa pública Parque Escolar, foram interrompidas em 2009, ficando a escola sem cantina, entre outras valências.

A escola onde estudaram Mário Cesariny e Júlio Pomar encontra-se degradada, com espaços em estaleiro, onde as obras foram interrompidas.

Os alunos têm levado a cabo diversas formas de luta por melhores condições na escola. Em novembro passado, num protesto liderado pela associação de estudantes, comeram no chão em frente à Assembleia da República.

Tópicos:

Artística,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à Antena 1, o presidente do PS elogia a chamada "geringonça", mas coloca reservas quanto à hipótese de ter BE e PCP num futuro executivo socialista.

    As famílias já pediram o repatriamento, mas o MNE diz que ainda não tem uma solução.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.