Feira Raiana quer promover a inovação no mundo rural

por Lusa

Idanha-a-Nova, 19 jul (Lusa) - O município de Idanha-a-Nova apresentou hoje o programa da XVII Feira Raiana, que este ano decorre em território português, e através da qual se pretendem destacar os projetos inovadores que dignificam o mundo rural.

Armindo Jacinto, presidente daquela autarquia raiana, explicou que no certame, que decorre de 31 de julho a 04 de agosto, "vão ser lançados um conjunto de projetos inovadores que visam fixar população jovem e dar dignidade ao mundo rural".

"Esta deve ser uma montra do que de melhor se faz no concelho e na região da Extremadura, em termos de produtos locais, mas deve também ser um espaço onde se mostra a inovação e tecnologia".

Exemplo disso é a apresentação pública da primeira "Casa Sustentável Modelo Idanha", construída numa semana, privilegiando os materiais tradicionais, com a madeira, a cortiça e o barro.

"Esta é uma casa económica (pode custar entre 25 a 30 mil euros) e sustentável, vocacionada para gente jovem que queira instalar-se neste território e tirar da sua própria habitação alguma rentabilidade, já que a esta pode estar associada uma cozinha para produzir bolos, compotas, enchidos ou queijos, de modo tradicional, ou uma oficina de artesanato, ou ainda um quarto para ser aproveitado como turismo rural", reitera o presidente.

O tema do certame vai ser "Produtos da Terra/Productos de la Tierra" e "é um slogan que vem para ficar. Será sempre este o mote da Feira Raiana, quer se realize em Idanha-a-Nova, quer em Moraleja (sede do evento do lado espanhol).

O tema justifica-se porque "é preciso criar riqueza e postos de trabalho nestes territórios. E os jovens podem aproveitar as imensas potencialidades que aqui existem em termos de exploração dos produtos locais, tornando o mundo rural num espaço de excelência".

À mostra da economia local (de ambos os lados da fronteira), alia-se a gastronomia e a cultura ibérica, pois "do flamenco ao fado, passando pela música tradicional ou aos artistas de renome, como Rui Veloso e Os Azeitonas, cabeças de cartaz, há propostas para todas as idades e gostos, incluindo a festa dos touros, com uma garraiada e uma tourada à portuguesa".

Este certame, que funciona como mostra agroindustrial, turística e cultural e constitui o exemplo mais significativo de promoção e cooperação entre os municípios da Beira Interior Sul e da Província de Cáceres (Extremadura), decorre em anos alternados em Idanha-a-Nova, Portugal, e Moraleja, Espanha, sendo esta XVII edição organizada pelo município de Idanha-a-Nova, em conjunto com o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento, no âmbito da cooperação transfronteiriça da Associação A Raia/La Raya.

Tópicos