FESAP alerta para aproximação do setor público ao salário mínimo

| País
FESAP alerta para aproximação do setor público ao salário mínimo

A ver: FESAP alerta para aproximação do setor público ao salário mínimo

Os sindicatos da função pública começam esta quarta-feira a negociar com o Governo as carreiras e os salários. José Abraão, da FESAP, disse no Bom Dia Portugal que o Governo tem de fazer opções em função dos serviços públicos.

Nas negociações vão estar em cima da mesa as propostas de aumentos salariais entre 3 e 4 por cento e o descongelamento total das carreiras em janeiro.

Os sindicatos não abdicam de negociar a atualização das remunerações e das carreiras antes do Orçamento do Estado ficar fechado.

FESAP, Frente Comum e Sindicato dos Quadros Técnicos do estado querem que Governo ponha fim ao longo período de austeridade no setor.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.