Gastos autárquicos com estragos do clima são cada vez maiores

por Inês Martins - Antena 1

Foto: Nuno Patrício - RTP

Furacões, incêndios e inundações têm provocado estragos por todo o território português. Problemas que surgem devido aos efeitos climáticos extremos e que, nos últimos seis anos, ditaram despesas às câmaras municipais no valor de 150 milhões de euros.

O problema, avisam as autarquias, é que os danos são cada vez mais graves e dispendiosos.

pub