GEOTA pede ao Ministério Público para investigar construção de barragens

| País
GEOTA pede ao Ministério Público para investigar construção de barragens

A ver: GEOTA pede ao Ministério Público para investigar construção de barragens

Os ambientalistas querem que o Ministério Público investigue pelo menos 17 anos de decisões políticas sobre as barragens de Foz Tua, Tâmega e Baixo Sabor. O GEOTA acaba de entregar uma queixa-crime na Procuradoria Geral da República, com mais de mil páginas.

Governantes, autarcas, banca, empresas de construção. São muitos os visados numa queixa que aponta suspeitas de corrupção, tráfico de influências, burla agravada, falsas declarações e participação económica em negócio.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na Grande Entrevista da RTP, o ministro João Matos Fernandes lamentou que os problemas ambientais sejam muitas vezes menorizados.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.