Golas anti-fumo. O que desencadeou o inquérito judicial

por RTP

O caso das golas anti-fumo começou com a polémica de que, afinal, não poderiam ser usadas em cenário de incêndio. Mas acabou por levar à abertura de um inquérito por parte do Ministério Público.

Em causa estão os valores pagos pelo material de sensibilização e a escolha da empresa fornecedora.