Greve dos enfermeiros continua após falta de contraproposta do Governo

| País
Greve dos enfermeiros continua após falta de contraproposta do Governo

A ver: Greve dos enfermeiros continua após falta de contraproposta do Governo

A reunião entre o Ministério da Saúde e o Sindicato dos Enfermeiros ficou marcada pela falta de uma contraproposta por parte do Governo. José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros, garante que a greve nacional vai continuar até dia 19 de outubro e que a reunião não correspondeu às expectativas.

No seguimento da reunião com o Ministério da Saúde, José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros (SEP), confirma que “não há nenhuma contraproposta, nenhuma evolução da posição em relação ao que temos em mão”.

“Não se compreende como é que chegamos hoje aqui, após dois dias de greve, após a afirmação por parte do Governo que as reivindicações são justas e tenhamos uma mão cheia de nada,” comentou face à falta de contraproposta do Governo.

José Carlos Martins garante a continuação da greve nacional dos enfermeiros e que será marcada uma próxima reunião com o Ministério da Saúde “no mais curto espaço de tempo”.

“Os enfermeiros têm razões acrescidas, porque o que temos feito não é suficiente, para no decurso da semana que vem aderirmos massivamente à greve e obtermos uma grande participação na manifestação nacional de dia 19”, disse o presidente do SEP.

O protesto começou esta quarta-feira e o segundo dia, quinta-feira, contou com uma adesão de 72 por cento em todo o país, de acordo com a Lusa.

A greve dos enfermeiros decorre entre 10 e 19 de outubro. Os enfermeiros exigem que seja apresentada uma nova proposta negocial da carreira de enfermagem.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.