Hospital Santa Maria obrigado a fazer desvio temporário de doentes críticos

por RTP

Foto: RTP

O maior hospital da região de Lisboa foi este sábado obrigado a fazer um desvio temporário de doentes críticos. Ainda permanecem à espera para internamento 30 doentes no Santa Maria.

É o reflexo do aumento da pressão nas urgências em várias especialidades na região de Lisboa. A maternidade Alfredo da Costa é exemplo disso: continua a não receber grávidas através do INEM.
pub