IC5 aberto ao trafego em toda a sua extensão a partir hoje

| País

O IC5, que liga Murça a Miranda do Douro, abre hoje na totalidade, com a inauguração dos seus dois últimos troços às 18:30 e 20:30, disponibilizando um total de 59 quilómetros, disse à Lusa fonte da Estradas de Portugal.

O lanço do IC5 entre Nozelos e Mogadouro, com 46,1 quilómetros, abre às 18.30 e outro entre Carlão e o Nó de Pombal, com 12,9 quilómetros, às 20.30 horas.

"Com a abertura destes lanços fica assim concluída a Subconcessão do Douro Interior", precisou a fonte.

O IC5 é um itinerário transversal que se desenvolve entre os distritos de Vila Real e Bragança, ligando Murça a Miranda do Douro, numa extensão aproximada de 132 quilómetros, servindo os concelhos de Murça, Alijó, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor, Alfandega da Fé, Mogadouro e Miranda do Douro.

Segundo a EP, o IC5 destina-se a estabelecer acessibilidades entre estes concelhos, atualmente descontínuas em alguns locais, e a melhorar as condições de segurança e de combate à sinistralidade.

A Subconcessão Douro Interior foi adjudicada em Novembro de 2008 à AENOR - Douro Interior S.A., atualmente denominada Ascendi Douro, Estradas do Douro Interior, S.A. em regime de conceção, construção, financiamento, manutenção e exploração, sem cobrança de portagem aos utentes.

Esta concessão faz parte de um conjunto de vários lanços do IP2 e do IC5, num total concessionado de cerca de 240 quilómetros, dos quais cerca de 230 quilómetros correspondem a estradas a construir de raiz.

A empresa sublinha que a realização desta rede de estradas nos distritos de Bragança, Vila Real e Guarda, aliada à conclusão da Autoestrada Transmontana, "irá melhorar significativamente os acessos no interior norte do país".

O troço entre Mogadouro e Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, está concluído desde setembro passado, numa extensão de 37 quilómetros.

Tópicos:

Ascendi, Bragança, IC Nozelos Mogadouro, Murça Alijó Carrazeda Ansiães Flor Alfandega, Nó Pombal, P ortugal Mogadouro, Trás,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.