Inaugurado sexta-feira lanço da A42, entre Paços Ferreira e Lousada

| País

O Grupo Aenor - Concessão Grande Porto inaugura sexta-feira à tarde o lanço da A42 Paços de Ferreira - Estrada Nacional 106, uma extensão de 3,9 quilómetros que ligará mais rapidamente aquele concelho ao de Lousada.

Este lanço de auto-estrada sem custos para o utilizador (SCUT), vulgarmente designado por Lote 6 da Concessão do Grande Porto, incluiu a construção de uma passagem superior, sete passagens inferiores e uma passagem inferior para peões.

O lanço tem duas faixas de rodagem em cada sentido, de 3,75 metros cada uma e começou a ser construído em Abril de 2005.

A empreitada incluiu a colocação de 18.719 metros de guardas de segurança, 4,5 metros de dispositivos de protecção para motociclistas, bem como 12.220 metros quadrados de barreiras acústicas.

Este lanço insere-se numa concessão total de 54,9 quilómetros de estrada, que representa um investimento de cerca de 588 milhões de euros.

Em Outubro do ano passado foram abertos ao público os dois primeiros lanços desta concessão: Alfena/Ermida, com nove quilómetros de extensão, e Ermida/Paços de Ferreira, de 9,6 quilómetros.

Está prevista para Outubro a inauguração de mais 14,3 quilómetros de auto-estrada, que ligará Freixieiro a Alfena.

No mês seguinte deverão ser inaugurados mais três lanços desta concessão, num total de mais de 18 quilómetros:lanço Sendim/Águas Santas; lanço VRI (Via Regional Interior) Nó do aeroporto/Nó de Custóias e lanço Estrada Nacional 106/IP9 - A11 (Lousada).

Na inauguração vão estar a governadora civil do Porto, Isabel Oneto e um membro do conselho de administração da Estradas de Portugal, que apresentará o programa de concessões para a região.

Os autarcas de Paços de Ferreira e Lousada, Pedro Pinto e Jorge Magalhães, respectivamente, também estarão presentes na cerimónia, que decorrerá numa tenda instalada no nó de Gilde/Ferreira, saída da A42 - Paços de Ferreira Este.

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.