Jovem enfermeiro emigra e dirige carta a Cavaco Silva a despedir-se do país

por Hélder Silva/António Ribeiro/Rui Magalhães

São todos jovens, portugueses e recém-licenciados. Vinte e quatro enfermeiros que só arranjaram emprego em Inglaterra, para onde partiram na última madrugada. Lá todos têm emprego garantido, numa cidade a norte de Londres. No grupo, segue um jovem que bem pode simbolizar o desencantamento de tantos outros, e que se despediu do país com uma carta que enviou ao Presidente da República.