Marroquinos que chegaram a Olhão pediram estatuto de proteção internacional

por RTP

Já estão em Lisboa os 11 cidadãos marroquinos que ontem foram intercetados ao largo da ilha da Armona, em Olhão. Aguardam a decisão do Estado português relativamente ao pedido feito de proteção internacional.

Estão a fazer o mesmo caminho que têm feito os oito jovens que, em dezembro chegaram ao Algarve, provenientes da mesma cidade, a sul de Casablanca.
pub