Mestre da embarcação naufragada era experiente

por Miguel Soares

Foto: Lusa

O presidente da associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar explica que os pescadores ainda não estavam a pescar quando o naufrágio aconteceu.

José Festas refere ainda que é desconhecido o paradeiro do pescador que escapou com vida. O homem nadou até terra e deu o alerta do naufrágio por volta das 3 horas da madrugada, sendo depois transportado para o hospital Amadora-Sintra e acabando por sair pelo próprio pé. “Teve alta por ele, ele é que pediu a alta”, acrescenta.

(com Sandra Henriques)