Ministério Público traçou a rota das alegadas luvas de Sócrates

| País
Ministério Público traçou a rota das alegadas luvas de Sócrates

A ver: Ministério Público traçou a rota das alegadas luvas de Sócrates

O Ministério Público concluiu que José Sócrates acumulou milhões e milhões em corrupção. O antigo primeiro-ministro terá recebido 35 milhões de euros em luvas.

Os investigadores traçaram a rota do dinheiro e concluíram que esse dinheiro lhe foi pago por três fontes: O Grupo Lena, o Grupo Vale do Lobo e Ricardo Salgado, pelo Grupo Espírito Santo.

Só Salgado terá entregue 29 milhões de euros a Sócrates.

Mas o antigo primeiro-ministro não foi o único corrompido pelo antigo presidente do BES.

Salgado terá ainda pago a Zeinal Bava mais de 25 milhões e a Henrique Granadeiro mais de 20 milhões.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.