Negócio espanhol com Paulo Ventura tem projeto suspenso

| País
Negócio espanhol com Paulo Ventura tem projeto suspenso

A ver: Negócio espanhol com Paulo Ventura tem projeto suspenso

Paulo Ventura foi descoberto quando se começou a investigar o estranho caso da família Fayos. Pai e filha, empresários espanhóis, investiram nove milhões de euros em 350 hectares que poderiam ser hoje a maior plantação de árvores de fruto do sudoeste alentejano.

Os Fayos prometeram criar 200 novos postos de trabalho e chegaram mesmo a contratar vários portugueses. Mas três anos após a compra da herdade, o projeto está suspenso.

O Sexta às 9 apurou que no ICNF acredita-se que os Fayos foram enganados por Paulo Ventura, o arquiteto que era conhecido na região como o homem forte deste Instituto Público.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.