Operação Éter. Interrogatórios retomados no TIC do Porto

| País

Os cinco detidos respondem pelos crimes de corrupção, prevaricação, falsificação de documentos, tráfico de influências, recebimento indevido de vantagem e participação económica em negócio
|

O Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto retoma esta segunda-feira os interrogatórios no âmbito da Operação Éter, que investiga uma alegada viciação de procedimentos de contratação pública no Turismo do Porto e Norte.

Para esta manhã está prevista a inquirição de um empresário de Viseu da empresa Tomi World, confirmou à Lusa o seu advogado, Filipe Santos Marques.

Os interrogatórios tiveram início na sexta-feira. De acordo com os advogados, todos os arguidos manifestaram a intenção de depor.

Prevê-se que as medidas de coação dos cinco arguidos do processo sejam conhecidas também esta segunda-feira.

Além de José Agostinho, são arguidos o presidente do Turismo do Porto e Norte, Melchior Moreira, a diretora operacional e a jurista da instituição, respetivamente Isabel Castro e Gabriela Escobar, bem como a administradora da W Global Communication (antiga Mediana), Manuela Couto.

Os cinco detidos respondem pelos crimes de corrupção, prevaricação, falsificação de documentos, tráfico de influências, recebimento indevido de vantagem e participação económica em negócio.
"Esquema generalizado"

As cinco pessoas foram detidas pela PJ na quinta-feira, na operação com o nome de código Éter, que incluiu buscas em entidades públicas e sedes de empresas.

Em causa estarão ajustes diretos realizados nos últimos dois a três anos que ultrapassam um total de cinco milhões de euros.

A investigação centrada no Turismo do Porto e Norte "determinou a existência de um esquema generalizado, mediante a atuação concertada de quadros dirigentes, de viciação fraudulenta de procedimentos concursais e de ajuste direto", avançou a Polícia Judiciaria na quinta-feira.

Com esse esquema, referiu a polícia, pretendia-se "favorecer primacialmente grupos de empresas, contratação de recursos humanos e utilização de meios públicos com vista à satisfação de interesses de natureza particular".

c/ Lusa

Tópicos:

Melchior Moreira, Turismo do Porto, arguidos, Operação Éter,

A informação mais vista

+ Em Foco

Cada um de nós tem uma história para contar e para partilhar. Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer a história de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    O ex-ministro da Defesa israelita Avigdor Lieberman acumulou diatribes ao longo da carreira política e nunca foge a uma polémica.

      Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

        Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.