Operação Influencer. "Casos que não se percebam devem ser explicados"

por RTP

O vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura considera que processos como a Operação Influencer devem ser explicados.

Em entrevista à Antena 1, Luís Azevedo Mendes admite ainda incómodo com o extenso período de privação de liberdade dos suspeitos de corrupção na Madeira e afirma que deveriam ser os juízes a decretar as detenções para interrogatório.
pub