Ordem dos Advogados: restrições de circulação só com estado de emergência

por RTP

O bastonário da Ordem dos Advogados considera inconstitucionais as medidas restritivas anunciadas pelo governo para conter a pandemia na região da grande Lisboa. Para Menezes Leitão, foi imposta a suspensão do direito de circulação de quase 3 milhões de pessoas sem estar em vigor o estado de emergência.

pub