Papa Francisco: "Um peregrino no meio dos peregrinos"

| País

|

O Bispo de Leiria-Fátima acredita que o Papa, em Fátima, vai sentir-se como um "peregrino no meio dos peregrinos. Numa espécie de cumplicidade espiritual". Numa entrevista à RTP, D. António Marto lembra os passos que deu para conseguir trazer o Papa a Fátima e como o convenceu a vir dia 12 e não só a 13 como inicialmente estava previsto.

Em Leiria Fátima há 11 anos, o bispo lembra como cada 13 de maio é diferente e como se continua a emocionar com as "lágrimas nos olhos dos outros".

Acredita que em Fátima, o Papa faça uma atualização da mensagem transmitida por Nossa Senhora aos três pastorinhos, com base na realidade dos dias de hoje e assente na misericórdia e na paz.

Lembra Lúcia e como gostaria de ter perdido a timidez para a conhecer pessoalmente. Não querendo lamentar a demora na fase diocesana do processo de canonização, admite que a dispensa dos 5 anos para iniciar o processo dada por Bento 16, não tenha sido aproveitada da melhor forma, impedindo que pudesse ter sido beatificada no momento da canonização dos pastorinhos.

A canonização no dia da missa dos 100 anos das Aparições seria "a cereja em cima do bolo".


Veja aqui toda a entrevista:


A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.