Plano de obras na Linha de Cascais revelado pelo Governo

por Lusa
A Linha de Cascais tem um plano de obras no montante de 36 milhões de euros Reuters

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, participa esta terça-feira na cerimónia de consignação da empreitada de via e catenária da Linha de Cascais, para alteração do sistema de eletrificação, obra avaliada em 36 milhões de euros.

Segundo a Infraestruturas de Portugal (IP), no âmbito da empreitada está prevista a migração do atual sistema de eletrificação da Linha de Cascais, atualmente a 1500 V (volts), para 25 kV (quilovolts), “o qual permitirá harmonizar as condições de exploração desta linha com o resto da Rede Ferroviária Nacional e reduzir anualmente em mais de um milhão de euros os custos de energia suportados pela CP com a operação do serviço”.

Na empreitada está ainda prevista a implementação de sete novas diagonais de contravia, alterações de "layout" nas estações de Oeiras e Cascais e a criação de uma nova ligação ao Parque de Material de Carcavelos.

A empreitada está englobada no Plano de Modernização da Linha de Cascais, para o qual está previsto um investimento de cerca de 100 milhões de euros.

pub